No início de 2018, eu escrevi um artigo aqui no Linkedin com análises sobre o que estava acontecendo no mercado e o que esperar de 2018.

Veja o link aqui: O que esperar para o mercado de empreendedorismo em 2018

Resolvi começar 2019 vendo o que eu acertei, se é que eu tenha acertado algo. Estou escrevendo esse texto enquanto releio o post, portanto ainda não sei o que realmente aconteceu.

Minhas expectativas é que eu tenha acertado em geral sobre que esperar para o mercado de empreendedorismo, pois eu provavelmente fiz análises mais amplas sem tentar dar uma de “Mãe Dináh”.

Bem, vamos lá:

1ª previsão – O número de startups continuará a crescer

RESULTADO – PREVISÃO CORRETA

Essa era fácil, qualquer aumento, de uma startup que fosse me faria cumprir essa previsão. Mas foi interessante ver os resultados no final do ano do mapeamento que a Associação Brasileira de Startups fez. Eles conseguiram mapear mais de 10.000 startups. É claro que o número é maior, mas esse mapeamento cresceu pelo menos 30% se comparado com o ano anterior.

2ª previsão – Fintechs serão o tema em alta nas startups mais atrativas

RESULTADO – PREVISÃO CORRETA

2018 ficou conhecido como o ano das startups brasileiras que viraram unicórnios e dentro desses unicórnios mais da metade são fintechs:

  • PagSeguro
  • Nubank
  • Stone
  • Brex

3º previsão – Hard Science Technologies aumentarão a sua participação em programas de aceleração

RESULTADO – PREVISÃO PARCIALMENTE CORRETA

Embora eu não tenha números para provar ou refutar essa previsão, embora as startups de hard science tenham realmente aumentado, a grande marca do ano foram os programas corporativos. E esses programas estão mais interessados em negócios mais prontos do que apostar em negócios mais disruptivos, mas ainda menos desenvolvidos.

4º previsão – Boom de espaços de inovação

RESULTADO – PREVISÃO CORRETA

Surgiram vários novos espaços de inovação no Brasil esse ano, segue alguns para exemplificar:

  • Habitat – Espaço de inovação do Bradesco coroando o programa InovaBra que já faz sucesso há alguns anos
  • Cubão – Apelido carinhoso da nova casa do Cubo do Itaú e da RedPoint, agora com 4 vezes mais capacidade
  • Estação Hack – Espaço do Facebook que justiça seja feita foi inaugurado em 2017 (mas só em dezembro) e se consolidou em 2018
  • HubMinas – Espaço no coração de BH (Praça da Liberdade) que hoje abriga o programa Seed
  • WeWork – Especialistas em coworkings que saíram espalhando espaços pelo Brasil

5º previsão – Crescimento de investidores anjo e grupos de investidores

RESULTADO – PREVISÃO INCORRETA

Não tenho muitos dados para defender esse ponto então vou contar com o meu bom senso e visão de mercado. Ainda continuo achando que essa é uma previsão que irá se consolidar. Durante 2018 duas notícias animaram o setor de investimentos:

  • O BNDES selecionou a Domo Invest para gerir um fundo de pelo menos R$100 milhões que investirá em cerca de 100 startups na fase anjo.
  • O Sebrae junto com parceiros criou um fundo para fundos que investirá R$ 45 milhões em fundos para estágio seed.

Mas ainda não vimos o boom que era esperado nessa parte do ecossistema.

6ª previsão – Amadurecimento do Corporate Venture

RESULTADO – PREVISÃO INCORRETA

De novo faltam dados para comprovar ou refutar essa previsão, mas de forma geral o que vimos foi um grande aumento no número de programas corporativos e ainda não o amadurecimento deles. Continuamos vendo os programas de aceleração como o remédio universal para os problemas de inovação das empresas e quando os programas acabam fica a dúvida, o que fazer agora? Como acompanhar os resultados? O que mais fazer para que a inovação faça parte da cultura.

É esse tipo de dúvida que a TroposLab tem ajudado os seus clientes, mas ainda não são todos que estão no estágio de fazer a si mesmos essas perguntas.

SALDO GERAL:

  • Previsões corretas: 3

  • Previsões parcialmente corretas: 1

  • Previsões incorretas: 2

Acho que o saldo foi positivo. Mesmo que as minhas previsões não estivessem corretas, o que vimos foi mais uma questão de timing, do que o mercado andando para o outro lado.

E que 2019 seja uma ano tão bom para o mercado de empreendedorismo e inovação como foi 2018.


Gostou do post? Quer saber mais sobre os nossos programas?

Acesse nossas redes: https://troposlab.com/ e http://bizcool.com.br/