3 habilidades para liderança inovadora em 2021

Início » 3 habilidades para liderança inovadora em 2021

O ano mudou, mas as circunstâncias continuam as mesmas. A pandemia não acabou só porque desejávamos muito. Muitos de nós ainda estamos trabalhando à distância. Diversos negócios estão fechados ou trabalhando com capacidade reduzida. E o que  esse fatos têm em comum? Todos se apresentam como super desafio para qualquer tipo de liderança. 

Nesse processo, muitas situações se tornaram corriqueiras. Não achamos mais um absurdo conversar com nossa equipe apenas por videoconferência. Comemorações remotas não são mais tão estranhas. Perguntar se podemos ou não nos aproximar das pessoas virou um hábito.

Criamos novos repertórios, mas alguns são tão corriqueiros e, ao mesmo tempo, tão fundamentais, que trazer atenção a eles nesse momento pode surtir muito efeito para você e sua equipe.

Habilidade para liderança inovadora nº 1: Ouvir para encontrar a outra pessoa 

Estar junto de alguém não quer dizer estar presente. Podemos estar próximos a uma pessoa, mas completamente focados em outra tarefa. Quando encontrar ainda significava ver a pessoa em carne e osso, essa situação era amenizada. Agora que encontrar significa falar por meio de uma câmera, a forma como você ouve e se faz presente como líder influencia muito a produtividade da sua equipe.

Faça mais perguntas para que possa ouvir mais. Dê motivos para que a pessoa mostre o que está pensando e sentindo. Encontre uma forma de ouvir e, assim, encontrar a sua equipe com qualidade. A inovação traz consigo um nível de incerteza maior que outras áreas, uma equipe que não é escutada, pode se desmotivar rapidamente.

Habilidade para liderança inovadora nº 2: Ouvir para entender

Ouça para entender e perceber, não para responder rapidamente. Rubens Alves disse que temos muitos cursos de oratória, mas não de escutatória. Como líderes somos ensinados a falar bastante e dar boas respostas, mas não somos ensinados a escutar e perceber as respostas que os outros já têm para a gente e que, em geral, estão a uma pergunta de distância.

Nós como líderes,  muitas vezes apoiados em nosso ego, também escutamos para descobrir se nós existimos nas outras pessoas ou não. Escutamos para saber se concordam conosco e não para descobrir o que realmente pensam e são. Perdemos assim uma infinidade de características que nossos colaboradores poderiam trazer para a equipe e/ou projeto.

Encontre o que é o oposto a você ou o que é complementar a você e ouça, dialogue. Traga a diversidade contida em cada um para fora, a autenticidade traz mais potência para as pessoas e, como consequência, sua equipe de inovação se tornará mais forte.

Esse hábito de gerar empatia, ouvir para entender o outro, será o melhor treinamento de Design Thinking que poderá entregar para sua equipe de inovação. Na própria relação de trabalho você estará exemplificando como entender e propor soluções a partir da perspectiva do usuário.  

Habilidade para liderança inovadora nº 3: Gerar escuta entre as pessoas

Não é somente na sua relação de liderança com a equipe, mas também entre os liderados. Gerar conexão e interdependência entre eles é necessário, para que formem uma rede de apoio para se sustentar no momento de crise e se potencializar no momento em que tudo estiver dando certo. 

Crie momentos de escuta ativa entre as pessoas da equipe. Momentos onde os problemas são tratados sem julgamentos e de forma justa. Onde eles podem falar, para que sejam escutados primeiramente e se sintam reconhecidos. Se percebam parte de algo maior que eles. E no momento certo, conselhos e direcionamentos são dados, mas a  partir de um entendimento genuíno. 

“Quando tínhamos todas as respostas, mudaram as perguntas”.

Como líder de uma equipe num mundo complexo,  se colocar como alguém que tem todas as respostas sempre, pode ser um fardo pesado. Ser uma liderança inovadora é mais desafiador ainda. Por isso, escutar e perguntar tornam mais leve a caminhada porque no momento certo, seu conhecimento e experiência serão essenciais.

Estamos num mundo novo, num ano novo, provoquemos também novos comportamentos.

A Tropos é uma empresa especializada em inovação, que trabalha o comportamento empreendedor como um dos principais instrumentos para estabelecer uma cultura consistente e focada em resultados. Se quiser saber mais, é só mandar um e-mail para a gente

Por |2021-02-02T14:38:13-03:0002/02/2021|liderança|

Sobre o Autor:

Guilherme Lopes
Agente de Aceleração
Ir ao Topo