• evolução

O Brasil é o país do futuro. Essa frase tem sido repetida por vários de nós há décadas e, além de um tom de esperança, ela nos mostra uma insatisfação com o presente.

Ao andar pelas ruas de qualquer grande cidade continuamos a ver mendigos. E temos, muitas vezes, a sensação de que, na verdade, eles estão mais numerosos.

As imagens de seca no Nordeste e o crescimento de favelas nos mostra que a miséria continua alta e os nossos governos não tem conseguido nenhum avanço.

A educação pública em situação crítica e os casos de professores apanhando de alunos, salas em péssimas condições e as frequentes greves reinvidicando um salário melhor nos mostram que nossa educação ainda é péssima.

Mas será que olhando os dados das últimas décadas é isso que vemos?

O gráfico abaixo, mostra como o mundo evoluiu nos últimos dois séculos.

gráfico mostra o avanço do mundo nos últimos dois séculos

A verdade é que temos constantemente melhorado em todos os aspectos. Educação, saúde, poder de compra dos mais pobres. Tudo isso melhorou.

O avanço tecnológico e da mentalidade das pessoas tem puxado esse desenvolvimento. E talvez esse seja o meu grande motivador de trabalhar na formação de empreendedores e intraempreendedores.

São essas pessoas que enxergam oportunidades nos problemas do mundo e, com suas soluções a longo prazo, fazem com que a vida de todos seja melhor. A Troposlab já acelerou mais de 700 startups, já ajudamos mais de 50 grandes empresas a capacitarem seus colaboradores e assim já mudamos a vida de mais de 10.000 pessoas, mostrando o caminho da inovação e empreendedorismo.

Sei que esses números não estão diretamente relacionados com o gráfico acima, mas da mesma forma que os pioneiros da educação ajudaram a reverter a situação do analfabetismo, gosto de ver como nós e outros pioneiros do mundo de startups temos mudado o gráfico de empreendedorismo de algo desconhecido, para algo que faz parte do cotidiano das pessoas.

E talvez seja esse o motor que forma empreendedores de edutechs, que criam soluções tecnológicas de edução de qualidade à distância, que democratizam o ensino; empreendedores de fintechs, que criam plataformas de empréstimo peer-to-peer que aumentam a facilidade de crédito para todos; ou ainda empreendedores de healthtechs, que convencem os planos de saúde, através de bigdata, de que é possível criar estratégias de prevenção que geram economias imensas e diminuem as mortes pelo mundo todo.

Por isso, finalizo enfatizando o poder do empreendedorismo na resolução de problemas do mundo e no avanço da sociedade.

Acompanhe nosso blog para mais reflexões como essa e nos conte o que acha dos nossos conteúdos, comentando e sugerindo pautas.

Por |2019-09-19T08:48:39-03:0019/09/2019|empreendedorismo|

Compartilhe! Escolha a sua plataforma!

Atuo no mundo da inovação desde 2008. Já atuei em incubadora, consultoria e aceleradora, acelerando mais de 900 startups. Sou formado em Ciências Biológicas e Especialista em Gestão, e por isso gosto de misturar mundos diferentes para trazer mais inovação para o meu dia-a-dia. Coordeno os programas da Troposlab e crio novas metodologias de aceleração, atuando diretamente com mais de 50 grandes empresas. Além disso, tenho um lado nerd (ficção científica, heróis, histórias de aventura, etc).
Ir ao Topo