Já falamos neste texto sobre como manter a motivação para empreender. A proposta hoje é aprofundar melhor este pilar das habilidades empreendedoras, de maneira a compreender o desenvolvimento da resiliência ao empreender.

Você já se perguntou o que o mantém comprometido em determinada tarefa? Já percebeu como reage quando se depara com um desafio? Os empreendedores sabem que manter-se engajado no contexto do empreendedorismo não é uma tarefa fácil, e pode ser bastante desafiadora. Principalmente para aqueles empreendedores que não conseguem fazer uma boa gestão dos seus comportamentos.

Já sabemos que o contexto do empreendedorismo é complexo.  Nele podemos lidar diretamente com incertezas, e é muito comum nos sentirmos frustrados, quando algo não ocorre de acordo com nosso planejamento. Portanto o planejamento e monitoramento podem ser as melhores ferramentas para diminuir tais frustrações. 

A ideia do planejamento e monitoramento, quando bem elaborados, é ajudar o empreendedor a acompanhar de maneira sistemática a evolução dos negócios. Podendo prever possíveis perdas de mercado, mudanças de comportamento dos clientes, surgimentos de novas necessidades e inclusive necessidades a partir das suas soluções. Em alguns casos podendo até prever para poderem resolver.

Apesar de termos ferramentas poderosas para diminuir frustrações, que estão sujeitas a acontecer, nem sempre seremos capazes de nos esquivar de todas e isso pode afetar nossa confiança, à medida que nos sentimos falhando nesta tarefa. E é nesse ponto que falaremos sobre a resiliência ao empreender.

Compreendendo a resiliência ao empreender 

A resiliência possui um conceito complexo, porém é comumente associada à capacidade humana de enfrentar e superar situações em condições adversas. Para o propósito deste texto, essa é uma compreensão que nos atende, à qual podemos explorar.

De maneira sistemática, para o desenvolvimento da resiliência, algumas habilidades são necessárias. Vamos destacar duas em especial: o comprometimento e a persistência. Essas habilidades serão necessárias, principalmente se estivermos falando de enfrentamento e superação.

Em outras palavras, não há como enfrentar uma situação adversa caso não estejamos comprometidos com essa ação e o mesmo vale para superação, que só irá ocorrer quando nos mantermos persistentes. Ademais, diversos fatores podem influenciar o nosso comprometimento e nossa persistência, como por exemplo: ética; tempo; probabilidade e esforço.

De acordo com uma pesquisa realizada por Cruz e Morales (2013), a resiliência destacou-se como essencial para a superação de obstáculos para o empreendedor, bem como para o aprendizado diante dos erros que podem acontecer neste processo. Dito isso, vamos destacar alguns características que pode ajudar você a compreender essa habilidade: 

AUTOCONFIANÇA: Indivíduos autoconfiantes acreditam em si  e no que são capazes de fazer, isso também envolve bons níveis de autoconhecimento.

ACEITABILIDADE DAS MUDANÇAS: Em contextos complexos mudanças irão acontecer, nesse sentido é importante encará-las como desafios.

AUTOGESTÃO EMOCIONAL: Manejar a ansiedade diante das mudanças, manter o autocontrole, a calma, não tomar decisões impulsivas, manter a clareza dos propósitos. 

AUTOCONHECIMENTO: Para aumentar o sucesso, principalmente, da autogestão, é importante ter um autoconceito claro sobre si e suas potencialidades, para então poder utilizá-las quando necessário.

DISCIPLINA E SENTIDO DE RESPONSABILIDADE: Como falamos sobre  planejamento e monitoramento, ter disciplina para seguir planejando e encarando os desafios de frente, é essencial para o desenvolvimento da resiliência.

Todas essas características são fundamentais para o empreendedorismo, principalmente para gestão diante dos riscos e das incertezas que este contexto apresenta. Na literatura, é possível observar que pessoas com maiores níveis de resiliências são mais capazes de enfrentar mudanças e suas consequências.

Além das características citadas acima, vale lembrar que também é importante habilidades relacionadas a identificar o desafios, compreendendo e investigando sobre eles; busca constante por aprendizagem; variabilidade comportamental, a fim de enfrentar situações de maneiras diferentes; além de nutrir uma boa rede de relacionamentos e de apoio. 

Finalizando…

Mencionamos aqui algumas características e comportamentos relacionados à resiliência, atributo essencial para empreender com sucesso. Sabemos ainda que essas características podem ser desenvolvidas de maneira natural, e por aqui, sempre apostamos no desenvolvimento sistemático delas. Siga conosco consumindo outros conteúdos sobre esses temas para te ajudar na jornada como empreendedor. E acompanhe nossos próximos posts.


Faça parte da nossa rede de startups

Compartilhe! Escolha a sua plataforma!

Sou psicólogo, analista do comportamento e agente de comportamento. Apaixonado pelo desenvolvimento humano, acredito que o caminho para ele passa pelo autoconhecimento. Encontro na educação empreendedora uma nova forma de ser, de desenvolver, de estar e transformar o mundo. Utilizo a análise do comportamento como bússola que guia meus estudos, análises e intervenções desde 2017. Acredito que se queremos mudar o mundo, devemos olhar para o modo como estamos nos comportando diante dele.
Ir ao Topo